Tertúlia “Narrativas em Tons Diversos” – Almada

 

A realizar na sede da Almada Mundo Associação Internacional, em Almada (*)

nos dias 9, 16 e 23 de fevereiro

 

A propósito do livro de contos Narrativas do Lado Contrário, desenrola-se em três fins de semana um evento continuado sobre o diálogo entre a pintura e a literatura.

Rui Freitas, autor do livro Narrativas do Lado Contrário (e também artista plástico) e João Rafael, artista plástico (e também poeta), amigos e companheiros das artes há mais de 30 anos, conversarão com a audiência e responderão a perguntas sobre o livro, sobre pintura e sobre as ligações entre a literatura e a pintura.

 

DIA 9

As Fotos

15:00

– É feita a apresentação do projeto;

– Rui Freitas e João Rafael falarão da sua ligação pessoal, desde estudantes até hoje;

– dos seus compromissos com a Literatura e a Pintura;

– e da “cumplicidade” entre as duas formas de expressão;

 

– Rui Freitas apresenta o livro e falará resumidamente sobre a obra no geral e na sua criação;

– Rui Freitas lê um conto (conto 1) previamente escolhido;

– João Rafael inicia um quadro em três partes, cada uma delas alusivo a cada um dos contos a ler;

– Os presentes serão incentivados a interpelar os artistas sobre o livro, o conto e o quadro;

(1)

 

DIA 16

15:00

– Rui Freitas lê um conto (conto 2) previamente escolhido;

– João Rafael executa a segunda parte do quadro, alusiva a esse conto;

 

– Rui Freitas lerá um conto (conto 3) previamente escolhido;

– João Rafael inicia a execução da terceira parte do quadro, alusiva a esse conto;

– A audiência será convidada a questionar os criadores sobre as obras.

 

DIA 23

15:00

– Rui Freitas lerá o conto mais votado (1) (conto 3);

– João Rafael concluirá e apresentará o quadro finalizado.

São apresentadas as obras criadas em casa.

– João Rafael apresenta um quadro realizado por si, inspirado num dos contos por ele escolhido.

– Se houver tempo o Rui Freitas lerá um outro conto.

 

(1) No final da sessão de dia 9

– Rui Freitas distribuirá pelos presentes uma folha contendo um resumo de duas linhas, de quatro dos contos previamente escolhidos;

– Os presentes são convidados a votar um daqueles contos, que será lido e discutido no sábado dia 23.

– Os presentes são incentivados a realizar em casa, um desenho, uma pintura ou uma ilustração em qualquer formato e material alusivo a qualquer dos quatro contos constantes na folha distribuída e a ser apresentados no sábado, dia 23 e que serão expostos na AMAI.


(*) Praça Capitães de Abril, nº 2 A e B – Cova da Piedade, 2805-111, Almada

 

Adquirir o livro

 
 

Partilhe